25 de fevereiro de 2007

E depois…

Diz-se por aí que depois desta geração de jogadores que actualmente estão na SN vai haver uma quebra de nível da mesma com antecedentes jamais vistos… permitam-me discordar.

Já diz o dito… só faz falta quem cá está. Não tenham dúvidas que é assim mesmo… já na altura em que o Cascais dominava o rugby nacional e tinha 17 jogadores na SN, sucedeu uma incompatibilidade com o treinador, dizia-se que caía o Carmo e a Trindade… tal não sucedeu e posteriormente surgiu uma parte da geração que hoje faz a actual SN.

Desta vez, até nem se prevê um rompimento… qual é o stress? Uns saem outros entram… é um processo natural.

Seguramente andam por aí jogadores tapados pelos actuais que quando começarem a ser expostos a uma rotina de trabalho e a competição de nível superior virão a ser jogadores de maior qualidade que nós.

Têm dúvidas?... 2 Factos chegam.
1.º - Os novos tiveram uma formação melhor que nós
2.º - Irão ter uma exposição internacional maior que a nossa

Agora os dirigentes têm que começar a ver a longo prazo e ganharem noção do que são ciclos desportivos (se algum souber o que é isto… lanço um foguete!) e encontrar uma estrutura que, não permita, que no final de uma geração se ande à procura de substitutos meio ás três pancadas.

PS – Confesso… foi o jogo treino de quarta-feira da SN que me inspirou este post.

2 comentários:

Thor disse...

Estás lesionado? Eu que junto com mais alguns milhares de portugueses que gostam de rugby estava a contar com as tuas placagens com assinatura e imagem de marca. Logo contra os Teros que são fortes na 3ª linha do pack, tal como nós, contigo, o grande Capitão Vasco e o Diogo Coutinho.

Prop disse...

Paulo espero que faças um jogo contra o urugai tao bom ou melhor que o da Russia
forte abraço e boa sorte